Brinquedos Interativos: Um Guia dos Melhores Brinquedos Para o Seu Cão


Para não enlouquecer, o seu cão precisa de meios para exercitar o cérebro.

Cães são animais de trabalho, consequência de milhares de anos de seleção natural e artificial que os selecionou por suas mais diversas características físicas e comportamentais,

entre elas, sua inteligência e capacidade de solucionar problemas. Durante a maior parte de sua história evolutiva os cães dependeram disso para sobreviver.

Coloque agora este animal nos fundos da sua casa ou num apartamento e restrinja sua natureza de solucionar problemas, ele começará a perder a cabeça. Sintomas disso incluem: latidos excessivos, fugas, escavação, mastigação destrutiva, perseguir compulsivamente a própria cauda, e muito mais...

Você já ouviu que para o seu cão se comportar bem e ser saudável você precisa exercitar ele, mas isso é apenas a metade, qual o resultado de colocar um cão entediado numa esteira por horas? Um cão "fitness" que continua entediado.

O que fazer para o seu cão parar de incomodar? Coloque o cérebro dele para trabalhar.

É aqui que entram os brinquedos interativos, ou brinquedos "inteligentes". São objetos que você recheia de comida, e depois fica assistindo seu cão tentar tirar a comida de dentro. Esses brinquedos fazem com que o seu cão precise realmente pensar sobre o que ele está fazendo, ao invés de apenas abocanhar enlouquecidamente sua comida o mais rápido que ele consegue.

OS BRINQUEDOS

Clássicos

O mais básico e essencial. É um objeto oco feito de uma borracha super resistente, que você irá encher de comida. Pode-se usar tanto para o cão mastigar, quanto para jogar pro seu cão buscar. Ótimo para quando for deixar seu cão em casa sozinho.

Recheie com ração, frutas fatiadas, pedaços de carne, comida mole, petiscos, manteiga de amendoim, ou até as sobras do almoço. Todo cão deve ter pelo menos um deste.

Esses são os meus preferidos pois conseguimos ensinar o cão a ficar um bom tempo deitado e calmo enquanto come.

Exemplo: Kong

De Empurrar

Os cães usam as patas e focinho para bater, empurrar e rolar estes brinquedos para soltar a comida. Necessitam de uma área maior que os clássicos, seu cão irá empurrar e correr atrás do brinquedo por toda casa. Geralmente são feitos de plástico duro e não são feitos para o cão ficar mastigando.

Exemplo: Amicus

Jogos de Tabuleiro

Se parecem com algo que você daria ao seu filho. São o que mais exigem do cérebro do seu cão para resolver o desafio. Ajuda se o seu cão já estiver familiarizado com o conceito de brinquedo interativo antes de você tentar um destes. Não devem ser deixados com o cão sem supervisão pois possuem peças móveis que podem quebrar.

Exemplo: Chalesco

COMO COMEÇAR

Desejamos que o nosso cão tenha sucesso na sua primeira experiência com um brinquedo interativo, desse modo ele irá querer brincar de novo no futuro. Se ele ficar frustrado e desistir ele pode achar que o brinquedo requer muito esforço e ele pode preferir esperar pelo próximo carregamento de ração que magicamente aparece na sua tigela e não precisa de esforço nenhum.

Comece do fácil. Pegue um brinquedo clássico como o Kong, e encha com alguns petiscos muito gostosos, como frango, salsicha ou queijo. Deixe a comida mais solta, de modo a cair fácil quando o cão empurrar o brinquedo, dê ao seu cão quando ele estiver com fome e observe o que acontece.

Como Rechear o seu Kong

Quando o seu cão estiver mais experiente no modo fácil, aumente a dificuldade:

  • Coloque mais comida dentro, de modo a ela ficar trancada e não cair fácil

  • Feche a abertura com algo mole ou pastoso e congele o Kong.

  • Comece a colocar parte de sua ração diária no Kong para ele precisar se esforçar para ganhar sua refeição.

Quando utilizar ração, coloque algo muito gostoso no fundo, assim o seu cão tem um incentivo maior para chegar ao fim.

Algumas Sugestões

Use esses ingredientes sozinhos ou misturados com a ração.

Carne, atum, queijo picado, biscoitos caninos, banana amassada, manteiga de amendoim (use pouco), omelete, batata amassada, etc...

Faça um Kong-Picolé: Sele o furo do fundo do Kong com manteiga de amendoim ou outra coisa, coloque o Kong em pé dentro de um copo e encha-o com caldo de galinha, sopa, ou algum outro liquido e congele. Dê ao seu cão num lugar onde não tenha problema de sujar.

NÃO ECONOMIZE

Nessa hora não adianta querer economizar, preze por produtos de qualidade que irão resistir as mordidas do seu cão e não o colocarão em risco. Acima um Kong com alguns anos de uso ao lado um similar que durou apenas alguns minutos.

BRINQUEDOS INTERATIVOS FEITOS EM CASA

Para uma experiência de como funciona sem precisar gastar nada, você pode fazer seu próprio brinquedo.

Estes brinquedos precisam de supervisão. Recomendo nunca deixar seu cão sozinho com um brinquedo feito em casa.

Pegue um recipiente de plástico, pode ser uma garrafa de refrigerante, pote de margarina, requeijão, etc e faça um ou mais buracos na tampa e/ou ao longo da superfície e adicione os petiscos. Caso seu cão seja muito destruidor, use fita adesiva para dificultar ele de tirar a tampa.

PROBLEMAS

"Meu cão não se interessa"

De início utilize algo que seu cão adore, se você utilizar apenas ração ele pode achar que não vale a pena o esforço. "Eu ganho isso de graça duas vezes por dia, pra que eu deveria passar trabalho pra ganhar isso?"

Tenha certeza de que é fácil pro cão conseguir tirar a comida de dentro. No início a maioria dos cães possuem pouca tolerância a frustração. Deixe ele ter sucesso algumas vezes para criar confiança para depois você começar a tornar a brincadeira mais desafiadora.

E tenha certeza que ele está com fome. Depois de caminhar ou antes de uma refeição são boas horas pra tentar.

"Meu cão é muito burro pra isso"

Caso seu cão fique apenas olhando desanimado, dê uma ou duas patadas e logo perca o interesse, não desanime. Seu cão não é burro, ele apenas não sabe como jogar o jogo.

Nós nunca pedimos para os nossos cães usarem o cérebro, despejamos quilos de ração na tigela e vamos embora. Acontece que o conceito de brinquedo interativo para eles é completamente desconhecido.

Dê tempo para ele. Como incentivo extra, você pode guardar a tigela por um dia e alimentar o seu cão apenas através dos brinquedos interativos.

Eventualmente ele vai descobrir como o brinquedo funciona, e é muito legal observar esse momento, quando seu cão descobre como tirar a comida de dentro de um brinquedo, parece que podemos ver dentro da cabeça dele ele pensando "Minha nossa! Então é isso que eu tenho que fazer!"

Leia Também